PUBLICIDADE

Demissão de funcionários de Fábrica em Boa Viagem aumenta desemprego

Crise começa a atingir setor calçadista, trabalhadores passam a ser as maiores vítimas do efeito dominó da economia

Postado por: Sert News

01/06/2018 às 16h49 atualizado em 05/06/2018 às 14h02

Demissão de funcionários de Fábrica em Boa Viagem aumenta desemprego
Foto: Eliel Junior

Boa Viagem. A crise econômica que o País vem enfrentando ao longo dos anos, em especial por conta dos entraves de grupos políticos para a tomada do poder seja por força do voto direto ou de articulação política, começou a gerar frutos negativos em pequenas cidades do Ceará, em especial Boa Viagem.

Este município situado no Sertão Central do Estado - cerca de 217 km da capital Cearense, conta com a maior parte da população vivendo da renda de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família e Garantia Safra, além destes, outros meios de lucro são os do comércio e a geração do emprego fica por conta deste último, são poucos os autonomos e ambulantes e os jovens como sempre, ainda são os principais alvos do fantasam da falta de oportunidade e boas condições de trabalho e remuneração.

O setor calçadista é o que emprega a maioria dos jovens e adultos de ambos os sexos, fábricas de calçados instaladas na cidade, particulares e alguma delas com auxílio do poder público como é o caso da Fábrica Terra Quente, empregam cerca de 300 funcionários quando estão em período de ascenção econômica e excesso de produção de trabalho.

Cerca de 80 Funcionários tiveram que deixar os seus postos após serem demitidos por queda de produção e falta de matéria prima em uma outra fabrica instalada em Boa Viagem, o que desencadeia numa queda econômica das empresas, as dificuldades enfrentadas pelos proprietários fizeram com que a decisão fosse necessária para não haver prejuizos tanto do empregado quanto ao empregador, o galpão da fábrica situado às margens da BR 020 agora conta poucos funcionários. 

O ocorrido se tornou um fantasma para as centenas de jovens que anualmente concluem o ensino médio e buscam o primeiro emprego na cidade, a Fábrica de Calçados é uma referência empregativa e com a crise afetando a empresa, os números tendem a piorar.

 

Portal Sert News | Tudo o que Acontece

0 Comentário (s)