PUBLICIDADE

Em caravana pelo nordeste Lula diz ser grato a peemedebistas

Postado por: Sert News

26/08/2017 às 13h04 atualizado em 26/08/2017 às 13h04

Em caravana pelo nordeste Lula diz ser grato a peemedebistas
Foto: Ricardo Stukert

Recife. Em caravana pelo Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se disse grato a dois peemedebistas denunciados por Janot o senador Renan Calheiros (AL) e ao ex-presidente José Sarney na sexta-feira (25), durante passagem por Pernambuco.

Apesar de Renan ter se distanciado do PT durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o peemedebista participou do evento com o petista em Alagoas, o que rendeu críticas por parte da militância.

Renan, presidente do Congresso à época, votou pelo impeachment de Dilma. Na sexta, Lula disse que considera que as alianças políticas são necessárias e no caso do Renan, que o senador ajudou a governar o País. Lula também se mostrou grato ao ex-presidente José Sarney, que até chegar ao Planalto era um dos seus alvos de crítica.

"Sou grato ao Sarney como presidente do Senado", disse. "O Renan pode ter todos os defeitos, agora o Renan me ajudou a governar esse País. Se ele cometeu algum erro - e eu sou da opinião seguinte, que todo mundo é inocente até que se prove o contrário". Em Pernambuco, o ex-presidente ainda expressou o desejo de ter uma frente de esquerda no Brasil para a2018.

"Eu gostaria que a esquerda tivesse mais força, que cada partido, o PCdoB elegesse 50 deputados, que o PSOL elegesse 50, 60, que o PSTU elegesse 50, 60. Que a esquerda do PMDB elegesse 50, 60", disse Lula.

Segunda instância

Já o juiz federal Sergio Moro divulgou nota em que afirma que os prazos do processo contra Lula -que chegou em tempo recorde à segunda instância- foram "seguidos estritamente".

"O tempo para subida de recursos da primeira instância à segunda instância depende exclusivamente da ocorrência ou não de incidentes nessa fase processual", escreveu o magistrado.

FONTE: Jornal Diário do Nordeste

0 Comentário (s)