PUBLICIDADE

Morre jumento cruelmente espancado em Quixadá

Segundo as informações divulgadas pelo grupo 4Patas, o animal tomou uma surra, teve a perna quebrada e se contorceu durante horas com dores fortíssimas no meio do asfalto.

Postado por: Sert News

26/06/2017 às 16h27 atualizado em 26/06/2017 às 16h27

Morre jumento cruelmente espancado em Quixadá
Jumento não resistiu aos ferimentos e morreu

Um jumento que foi cruelmente espancado, segundo relatos de internautas, na Rua do Chile, Bairro São João, em Quixadá, na última quinta-feira, 22, não resistiu e morreu neste domingo, 25.

Segundo as informações divulgadas pelo grupo 4Patas, o animal tomou uma surra, teve a perna quebrada e se contorceu durante horas com dores fortíssimas no meio do asfalto. Ele chegou a ser socorrido horas depois e levado para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), onde começou a receber tratamento e foi até considerado fora de perigo.

Mas o animal não conseguiu mais ingerir alimentos, sentia fortes dores e acabou morrendo.

O AGRESSOR

A Polícia Civil já conhece a identidade do agressor. Informações veiculadas pela imprensa local dão conta de que advogados dele disseram que ele será apresentado na segunda-feira, 26, na Delegacia de Polícia Civil. É muito provável que acabe liberado em seguida. Uma operação foi feita no fim de semana para tentar capturá-lo, mas sem êxito.

A LEI 

De acordo com a lei Federal 9.605/98 e o artigo 32, quem praticar abusos, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos e exóticos pode pegar pena de três meses a um ano de prisão e pagamento de multa. Em caso de morte do animal, a pena pode ser aumentada.

FONTE: Sert News via Diario de Quixadá

0 Comentário (s)