PUBLICIDADE

Por que os dentes entortam? Entenda

Algumas pessoas já nascem com a dentição torta, enquanto outras desenvolvem o problema durante a vida. Especialista explica

Postado por: Sert News

30/07/2017 às 15h21 atualizado em 30/07/2017 às 15h21

Por que os dentes entortam? Entenda
A posição incorreta da dentição pode causar diversos problemas para o paciente, como dores de cabeça, no maxilar e na coluna ( Foto: Divulgação )

Dentes desalinhados, além de prejudicarem a estética do sorriso, podem impactar negativamente na saúde, causando problemas como enxaquecas, dores na coluna e de mastigação, afetando a digestão e a absorção correta dos nutrientes. 

Mas, você sabe por que algumas pessoas já nascem com os dentes tortos e outras sofrem com o desalinhamento durante a vida? O dentista Edmilson Pelarigo, um dos fundadores da Orthodontic, esclarece o tema!

Hereditariedade

Um fator que pode contribuir para que os dentes se desalinhem é o problema de crescimento ósseo da maxila e da mandíbula, em que os dentes, com tamanho normal, não se encaixam perfeitamente na arcada dentária. 

“Isso pode acontecer desde o nascimento, devido a uma questão hereditária. Nesse caso, os dentes não possuem espaço suficiente para se posicionarem perfeitamente na cavidade bucal causando o seu desalinhamento”, explica o especialista.

Hábitos na infância

Aparentemente inofensivos, hábitos como chupar o dedo ou chupeta, também podem impactar na formação dos ossos da face. “Esses costumes podem resultar em um dano extremamente significativo, deixando o palato (céu da boca) mais profundo do que o normal, estreitando a arcada e favorecendo o desalinhamento dos dentes permanentes”, completa o dentista. 

Fatores externos, como roer as unhas e morder objetos, também podem ser vilões para a oclusão correta: “É importante ressaltar que qualquer pressão contínua e em longo prazo sobre os dentes pode deixá-los tortos. Assim, esses hábitos devem ser colocados de lado”.

Perda óssea

Já na vida adulta, muitas pessoas que costumavam ter um sorriso perfeito notam a mudança do posicionamento dos dentes ao passar dos anos. 

Uma das explicações pode ser a perda óssea, ocasionada pela doença periodontal, uma condição inflamatória que afeta o tecido gengival. 

O Dr. Pelarigo explica que por conta da condição, os dentes se tornam mais vulneráveis e expostos, facilitando o desalinhamento.

Para evitá-la, deve ser feita a higienização correta dos dentes e gengiva, utilizando uma escova macia e fio dental, controlando, assim, a placa bacteriana. 

Além disso, é recomendado que o paciente consulte um profissional da área a cada seis meses, pois, assim, pode ser feita a prevenção, o rápido diagnóstico e o controle correto caso haja algum problema.

Respiração pela boca

Você sabia que, com o tempo, a respiração pela boca também pode entortar a dentição? O problema deve ser acompanhado por um otorrinolaringologista, que irá diagnosticar a condição e tratá-la. 

"Ao mesmo tempo, é recomendado o uso do aparelho ortodôntico, para posicionar os dentes da maneira correta”, pontua o dentista.

E o siso?

Isso também pode contribuir para entortar um sorriso, até então, considerado perfeito. O problema ocorre quando esses dentes não possuem o espaço suficiente para emergirem, causando uma pressão sobre o restante da dentição, deslocando-a. 

A orientação do especialista é a extração dos sisos.

Questão de saúde

Dentes alinhados e com a oclusão correta - ou seja, quando existe o equilíbrio entre a arcada superior e inferior -, vão além da estética, representando também uma questão de saúde. 

Segundo o especialista, a posição incorreta da dentição pode causar diversos problemas para o paciente, como dores de cabeça, no maxilar e na coluna. 

“Muitas vezes, esses problemas são confundidos com doenças sistêmicas. Assim, o tratamento ortodôntico é indicado para devolver ao paciente um sorriso saudável, além de melhorar a sua qualidade de vida”.

FONTE: Vida - DN
TAGS: DentesSaúde

0 Comentário (s)