PUBLICIDADE

PT comemora Lula em primeiro lugar

Postado por: Sert News

02/10/2017 às 10h23 atualizado em 02/10/2017 às 10h23

PT comemora Lula em primeiro lugar
Ex-presidente Lula (PT) tem cerca de 35% das intenções de voto, segundo dados da pesquisa Datafolha ( FOTO: AGPT )

Lideranças de partidos disseram, ontem, que os resultados da pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial ajudam a entender o momento, mas ainda esperam mudanças nos próximos meses.

O levantamento mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém na liderança, com vantagem significativa sobre os principais adversários. O petista tem pelo menos 35% das intenções de voto nos cenários testados.

Jair Bolsonaro (PSC) e Marina Silva (Rede) empatam em segundo lugar. O deputado federal oscila entre 16% e 17% e a ex-senadora entre 13% e 14% nos cenários com o ex-presidente Lula da Silva no páreo.

Cenário positivo

Para a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), a liderança de Lula mostra que "o povo brasileiro sabe o que quer e opta por quem olha pelos pobres". Ela diz que telefonou para Lula e o cumprimentou pelo desempenho. "Ele está satisfeito".

O deputado federal Carlos Zarattini (SP), líder da bancada do partido na Câmara dos Deputados, concorda que o cenário é positivo para o PT, mas espera modificações até a eleição. Uma das variáveis está relacionada ao que ele considera a ausência de um candidato de centro direita.

Para ele, não apareceu um adversário competitivo que possa representar o governo de Michel Temer (PMDB). "O Alckmin em decadência, o Aécio nem se fala, o Doria é uma coisa que surgiu, mas não está colando", diz. "O povo não esquece e quer a volta dele", pontua.

Disputa em risco

Condenado pelo juiz Sergio Moro, Lula corre o risco de ter que deixar a disputa, caso a decisão seja mantida pela segunda instância, o que provocaria uma reorganização de forças. O partido não admite publicamente a hipótese de substituição do ex-presidente como candidato.

Presidente do PSDB no Estado de São Paulo, o deputado estadual Pedro Tobias diz que "gostaria que estivesse mais alto" o índice de intenções de voto em Alckmin, seu aliado. O governador e o prefeito da capital, João Doria (PSDB), apresentam desempenho equivalente: têm 8% de preferência na disputa com Lula, Bolsonaro e Marina.

Democracia

Segundo o Datafolha, o apreço do eleitorado por essa forma de governo diminuiu nos últimos anos: 56% das pessoas concordam com a noção de que a democracia é sempre melhor do que outras formas de governo, ante 66% em dezembro de 2014.

Por outro lado, 21% dos eleitores admitem a ideia de que em certas circunstâncias uma ditadura é melhor do que um regime democrático. O índice três anos atrás era de 15%.

FONTE: Jornal Diário do Nordeste
TAGS: LulaPT

0 Comentário (s)