PUBLICIDADE

Quase 300 km de estradas serão recuperados no estado

Nesta etapa, 15 rodovias do Estado receberão obras de duplicação, restauração e pavimentação

Postado por: Sert News

01/08/2017 às 12h30 atualizado em 01/08/2017 às 12h30

Quase 300 km de estradas serão recuperados no estado
Divulgação

Com a proposta de fomentar o desenvolvimento do turismo, da indústria e do comércio no Ceará, o governador Camilo Santana assinou, na manhã de ontem, a ordem de serviço para obras envolvendo pavimentação, restauração e duplicação de 299,78 km de rodovias do Estado em 27 municípios. A ação constitui a nova etapa do Programa Ceará de Ponta a Ponta, com investimento de R$ 405 milhões do Tesouro Estadual e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), estimando beneficiar mais de 3,7 milhões de pessoas. Os trabalhos devem começar já neste mês de agosto.

Nesta etapa, 15 rodovias receberão melhorias, sendo 139,21 km de pavimentação, 121,67 km de restauração e 38,90km de duplicação, como a CE-025, que liga Fortaleza ao Porto das Dunas, em Aquiraz, sendo duplicada num trecho de 7,10 km. O pacote ainda prevê a duplicação de 31,8 km da CE-060, entre os municípios de Pacatuba e Redenção; a implantação de 6,84 km referente a quarta etapa do Anel Viário Cariri; a restauração de 30,23 km da CE-176, entre as cidades de Miraíma e Amontada; a restauração da CE-534 num trecho de 11,38 km entre Icapuí e Redonda; entre outras.

S11

Entre os benefícios propostos, está o deslocamento seguro, a geração de empregos; o escoamento da produção agrícola e, por consequência, o aquecimento da economia; o desenvolvimento social, o fortalecimento de toda a cadeia turística e o desenvolvimento da economia regional.

Conforme destacou o governador, as obras anunciadas estão todas licitadas ou em processo final de licitação, englobando vias que não têm mais condições de ter seus problemas estruturais sanados por uma simples ação tapa-buraco. Camilo Santana justificou os trabalhos na perspectiva de um desenvolvimento sustentável, assim como para atender às atuais demandas do Estado.

A ideia, segundo ele, é que todos os municípios estejam integrados. "A lógica é não termos nenhuma cidade no Interior do Ceará fim de linha, sempre estar interligada com duas ou mais cidades, é assim que estamos trabalhando para garantir um fluxo melhor e para as pessoas ganharem mais tempo se deslocando de uma cidade para outra e de uma região para outra. Esse é o investimento que o Estado tem procurado fazer para criar as condições necessárias para que a economia e o desenvolvimento do Estado possam acontecer. Tanto na área turística, na área econômica, na área industrial e principalmente em poder garantir mais segurança a população do Ceará nas estradas".

Litoral

O governador ressaltou, ainda, o incremento ao turismo litorâneo com as obras de duplicação da CE-040 já em andamento, entre Fortaleza e Aracati, com previsão de entrega até o início do próximo ano, destacando, também, a duplicação da CE-025. "É uma área turística, importante pois é onde fica o Beach Park e trata-se de uma reivindicação antiga. Vamos agora duplicar toda aquela área facilitando o acesso. Ano passado nós tivemos 1 milhão de turistas que visitaram aquela região do Estado".

O Programa prevê um investimento de cerca de R$ 2 bilhões até o fim de 2018, totalizando 2.063,31 km de estradas em todas as regiões do Ceará. Em setembro deste ano, deve ser lançado um novo pacote de obras.

FONTE: Diário N.

0 Comentário (s)