PUBLICIDADE

Vaquejada em Quixeramobim é suspensa pela justiça passível a multa diária

Postado por: Sert News

31/08/2017 às 13h19 atualizado em 31/08/2017 às 13h19

Vaquejada em Quixeramobim é suspensa pela justiça passível a multa diária
Reprodução - Internet

A juíza substituta titular da 1ª Vara da Comarca de Quixeramobim, Kathleen Nicola Kilian, deferiu liminar em favor do Ministério Público do Ceará (MPCE) determinando o cancelamento da 28ª Vaquejada de Quixeramobim, prevista para os dias 7, 8 e 9 de setembro. A decisão foi tomada no dia 28 passado logo após o recebimento de uma Ação Civil Pública (ACP) impetrada pelos promotores de Justiça da Comarca de Quixeramobim, Raqueli Castelo Branco Costenaro e Vicente Anastácio Martins Bezerra de Sousa, apresentada à Justiça naquele mesmo dia.

Na decisão judicial, em caso de desobediência, a magistrada estipulou a pena de multa diária de R$ 100 mil, ainda a apreensão dos instrumentos utilizados e dos respectivos animais, sem prejuízo da prisão em flagrante dos responsáveis e persecução criminal pelos crimes que o descumprimento da ordem vier a importar. O empresário responsável pelo evento  também deverá ser impedido de atuar em qualquer evento semelhante que envolva maus-tratos e crueldade a animais, a ser realizado em outro lugar que venha a ser indicado pelos organizadores.

A reportagem do Diário do Nordeste procurou manter contato com o organizador da tradicional vaquejada, todavia, até a publicação desta edição as ligações não haviam sido atendidas.

0 Comentário (s)